PPGEQ PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Telefone/Ramal: Não informado

Banca de QUALIFICAÇÃO: MATHEUS HENRIQUE ALCÂNTARA DE LIMA CARDOZO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MATHEUS HENRIQUE ALCÂNTARA DE LIMA CARDOZO
DATA : 04/07/2023
HORA: 13:30
LOCAL: https://meet.google.com/pzv-ybwt-rmp
TÍTULO:

Estudo estatístico da influência e significância de parâmetros operacionais na performance de células de energia microbiana


PALAVRAS-CHAVES:

bioeletroquímica; lógica fuzzy; planejamento experimental.


PÁGINAS: 60
RESUMO:

Nas últimas décadas, com o avanço populacional e industrial, tem crescido a geração de águas residuárias e, em muitos casos, esses efluentes não recebem tratamento e descarte corretos, causando impactos negativos no ambiente e na saúde humana. Como consequência da observação desses impactos e do desenvolvimento de uma maior consciência ambiental, surgiu, nos anos mais recentes, uma crescente preocupação com os biossistemas e sua preservação, de modo que diversos órgãos governamentais propuseram políticas e legislações ambientais que visam, entre outras questões, regular, monitorar e propor destinações e tratamentos adequados para as águas residuárias. Apesar de vários dos métodos de tratamentos convencionais – que incluem técnicas químicas, físicas e biológicas – apresentarem bons resultados, há a desvantagem de que muitos deles perdem a energia química contida nos efluentes que são tratados e apresentam elevado consumo de energia para sua condução. Desse modo, têm se destacado, nos últimos anos, o desenvolvimento de alternativas que realizem o tratamento de efluentes e, paralelemente, recuperem parte da energia neles contida (GUDE, 2015). Nesse contexto, as células de energia microbiana (CEM) – ou células combustíveis microbianas (CCM) – surgem como uma tecnologia de interesse, já que esses dispositivos permitem promover, de modo simultâneo, o biotratamento de resíduos e a biogeração de energia elétrica. Células de energia microbiana (CEM) são uma tecnologia de interesse no cenário atual, já que permitem promover, simultaneamente, o biotratamento de resíduos e a biogeração de energia elétrica. A fim de otimizar as aplicações dessa tecnologia, há o interesse em investigar as variáveis que interferem mais significativamente em seu desempenho, uma vez que esses dispositivos são sistemas complexos. Nesse contexto, este trabalho objetivou empregar a lógica fuzzy aliada à técnica de planejamento experimental (planejamento do tipo Delineamento Central Composto Rotacional) para avaliar estatisticamente como os parâmetros de operação das CEM impactam sua performance. Por meio dos resultados, concluiu-se que as variáveis de entrada área do anodo, resistência elétrica externa e volume do dispositivo foram estatisticamente significativas para as saídas estudadas – densidade de potência e densidade de corrente – nas condições pesquisadas. Ademais, desenvolveu-se equações-modelo estatisticamente significativas sob o nível de confiança de 95% que relacionam as variáveis de entrada e saída estudadas, colaborando com a simplificação do estudo das CEM. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1811284 - EDSON ROMANO NUCCI
Interno - 1810291 - DEMIAN PATRICK FABIANO
Interno - 1742695 - JUAN CANELLAS BOSCH NETO
Externo ao Programa - 1748672 - ENIO NAZARE DE OLIVEIRA JUNIOR
Externa ao Programa - 2029466 - ISABEL CRISTINA BRAGA RODRIGUES
Notícia cadastrada em: 03/07/2023 20:35
SIGAA | NTInf - Núcleo de Tecnologia da Informação - +55(32)3379-5824 | Copyright © 2006-2024 - UFSJ - sigaa02.ufsj.edu.br.sigaa02